Tag Archive | cachorro com a orelha inchada

Otohematoma: você sabe o que é?

Em um dia, está tudo tranquilo e seu cachorro feliz. No outro, seu pet aparece com a orelha inchada e pesada, como se fosse um pastel recheado com conteúdo líquido. E agora?

Trata-se de otohematoma, que consiste no acúmulo de sangue devido a algum trauma entre a pele e a cartilagem da orelha. O problema surge, geralmente, quando o animal vai coçá-la com a pata. Entre as principais causas de coceira estão as otites e as picadas de moscas e, ao bater a pata na orelha para espantá-las, por exemplo, o cão acaba lesionando algum vaso que, posteriormente, evolui para um coágulo.

O que fazer?

Quando identificado o aumento de volume na orelha do animal, é preciso levá-lo imediatamente até uma clínica veterinária. Lá, o médico fará o procedimento estéril, drenando o conteúdo do hematoma com uma seringa acoplada a uma agulha.

Em alguns casos, é necessário sedar o pet, uma vez que o local fica dolorido e é preciso boa contenção do animal por lidar com material pérfuro-cortante, evitando possíveis acidentes.

Após a drenagem, o profissional colocará um curativo, protegendo a orelha de outros traumas.

Problema resolvido?

Infelizmente, na maioria dos casos, uma única drenagem não é o suficiente. Há casos em que o animal precisa passar por diversos procedimentos. Entretanto, quando há grande recidiva, após uma avaliação específica do animal, o profissional pode o encaminhar para uma cirurgia.

Mas, atenção: não adianta apenas cuidar do otohematona. É preciso tratar a causa primária.

Quais cães podem ter otohematoma?

Otohematoma pode ser diagnosticado em qualquer raça. Porém, as raças como Beagle, Cocker e Basset são pré-dispostas ao problema, uma vez que suas grandes orelhas podem sofrer traumas ao se chocarem uma contra a outra durante uma corrida, por exemplo.

Beagle é uma das raças predispostas a ter o problema

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 513 outros seguidores